A importancia do AI nas corporações pós-pandemia

Tempo de leitura:
Compartilhe:

by Pyr Marcondes  3 mins read

O título deste artigo corre sério risco de conter um erro grave ao considerar que haverá algum momento pós-pandemia. Há grandes chances de seguirmos tendo que enfrentar o vírus da Covid o resto da vida, talvez não mais em sua forma indômita e sem controle de contágio, mas permanentemente aqui, ao nosso lado, como o da gripe. 

Não sou técnico nisso, nem é esse meu tema ligeiro aqui. Meu ponto é que após o impacto pandêmico no mundo e após todas as transformações que esse impacto nos causou, muitos deles possivelmente para sempre, a Inteligência Artificial vai saltar de patamar. Vai mudar de estágio. Vai entrar cada vez mais e de forma mais acelerada ainda que vinha vindo, em nossas vidas, no dia a dia mesmo.

Constatemos que, sem Inteligência Artificial, não teríamos as vacinas tão rapidamente produzidas, porque não teríamos os vírus tão rápida e assertivamente identificados. Nem todo o conhecimento que seguimos acumulando sobre ele e como combatê-lo tão veloz e globalmente disseminado.

Mas essa é só a ponta do iceberg. AI avançou na pandemia e, depois dela, seguirá acelerando sua disseminação, me perdoem a analogia, mas exatamente como um vírus, espera-se do bem, acelerando em várias áreas o conhecimento sobre elas mesmas, e como esse conhecimento pode se transformar em avanços para as pessoas, sociedade e empresas em geral.

Um seminário do MIT, em sua série EmTech Digital, chamado exatamente de “AI has entered the age of implementation”, capta com absoluta pertinência e precisão este momento ao qual me refiro.

A pegada do evento é mortal. Diz assim: Só 10% das organizações obtêm hoje benefícios financeiros significativos das tecnologias inteligentes. Tipo, participe e deixe de fazer parte dos 90%. Boa.

Pois vamos deixar de ter apenas 10% das empresas se beneficiando dos avanços de AI, porque esse conhecimento vai, também ele, exponencialmente se disseminar. Deixaremos de ler artigos sobre como a Inteligência Artificial pode modificar nossas vidas para passar a  vê-la modificar nossas vidas na real. Tangivelmente.

A vacina da Covid é um exemplo concreto disso. Aguarde e verá. 

Compartilhe:

Últimas Postagens

Pipeline Capital e digitaliza.ai lançam o primeiro Scape Report interativo

A Pipeline Capital, empresa global de fusões e aquisições com foco em tecnologia, criadora dos Scape Reports, que se consolidaram como um guia de

Pipeline Capital é advisor da Vianuvem na sua venda para a Unico

  A unico, IDTech brasileira de soluções de proteção de identidade visual anuncia a compra de 100% das operações da Vianuvem, startup de gestão

Crescimento do setor de Fintech

E o Venture Capital como oportunidade de investimento neste mercado O setor de fintech tem experimentado um crescimento exponencial nos últimos anos, impulsionado pela

Mercado de M&A é como um filme

O mercado de M&A (fusões e aquisições) possui uma jornada que pode ser vista como um filme composto por várias cenas, e não apenas

Pipeline Capital lança seu primeiro Scape Report na Europa

A empresa especializada em M&A no setor de Tech já elaborou anteriormente outros Scape Reports com o objetivo de oferecer uma compilação das empresas

M&A no setor de tecnologia: desafios e oportunidades

As fusões e aquisições (M&A) no setor de tecnologia têm se destacado como uma poderosa ferramenta para empresas que buscam inovação, expansão e competitividade.

Connect to the best of M&A world Subscribe to our Newsletter

Pipeline Podcast “Papo de M&A”

Pipeline Capital’s podcast on mergers and acquisitions, innovation and technology.