As transações na América Latina caíram 15% para 1.795 nos primeiros 10 meses de 2020

Tempo de leitura:
Compartilhe:

O valor agregado da transação caiu 37% no acumulado do ano na América Latina. Volume de capital de risco subiu 21%, para 488 transações até o fechamento de outubro. Fonte TTR

10_OCT_LatAm_Over_chart

O Brasil lidera a região com 1.133 negócios no final de outubro, uma redução de 11% no volume em relação ao mesmo período de 2019. O valor agregado do negócio no Brasil caiu 28% para US $ 35,09 bilhões, com base em 524 transações de contraprestação divulgada.

O México ocupa o segundo lugar na região em volume, com 236 negócios até o final de outubro, uma queda de 8% em relação ao mesmo período do ano passado. O valor agregado da transação diminuiu 17% para US $ 11,28 bilhões, entretanto, considerando 113 transações com um valor divulgado.

O Chile ocupa o terceiro lugar na região por volume de transações nos primeiros dez meses de 2020, com 170 negócios anunciados e fechados, representando uma queda de 23% em relação ao mesmo período de 2019. Os 83 negócios de contraprestação divulgados registrados no Chile no acumulado do ano totalizam US $ 2,94 bilhões , representando uma queda de 77% no valor agregado em relação ao mesmo período do ano passado.

A Argentina ocupa o quarto lugar em volume, com 121 negócios até o final de outubro, uma queda de 10% em relação ao mesmo período do ano passado. O valor agregado do negócio caiu 63% para US $ 1,82 bilhão, entretanto, com base em 63 transações de contraprestação divulgada.

A Colômbia está em quinto lugar, com 114 negócios e valor agregado de pouco menos de US $ 4,25 bilhões com base em 61 negócios de contraprestação divulgada, representando uma queda de 38% no volume e uma queda de 59% no valor agregado.

O Peru, em sexto lugar com 71 negócios acumulados no ano, registrou uma queda de 41% no volume em comparação com os primeiros dez meses de 2019. O valor agregado do negócio no Peru caiu 88% para US $ 932 milhões com base em 23 transações de contraprestação divulgada.

10_OCT_LatAm_CB_map
Compartilhe:

Últimas Postagens

Pipeline Capital e digitaliza.ai lançam o primeiro Scape Report interativo

A Pipeline Capital, empresa global de fusões e aquisições com foco em tecnologia, criadora dos Scape Reports, que se consolidaram como um guia de

Pipeline Capital é advisor da Vianuvem na sua venda para a Unico

  A unico, IDTech brasileira de soluções de proteção de identidade visual anuncia a compra de 100% das operações da Vianuvem, startup de gestão

Pipeline Capital é Advisor da Cadastra na compra da Qexpert

A Cadastra, empresa global de soluções de marketing, tecnologia, estratégia de negócios, data e analytics, realizou sua terceira aquisição em quatro meses. Desta vez,

Retail media e CTV juntas

Texto de Pyr Marcondes, Senior Partner da Pipeline Capital. O levantamento é da Innovid, uma plataforma de adtech e mensuração de performance de mídia.

Preço não se negocia, se respeita.

Texto de Alon Sochaczewski, Founder e CEO da Pipeline Capital. Vamos aproveitar o começo de ano para refletir sobre comportamentos essenciais que podem mudar

O Ecossistema de Inovação de Porto Alegre desabrochou

Texto de Cesar Paz, Business Partner da Pipeline Capital. Para avançarmos na afirmativa do título desse texto, primeiro precisamos entender minimamente o que seria

Connect to the best of M&A world Subscribe to our Newsletter

Pipeline Podcast “Papo de M&A”

Pipeline Capital’s podcast on mergers and acquisitions, innovation and technology.