Preço não se negocia, se respeita.

Tempo de leitura:
Compartilhe:

Texto de Alon Sochaczewski, Founder e CEO da Pipeline Capital.

Vamos aproveitar o começo de ano para refletir sobre comportamentos essenciais que podem mudar hoje uma nação.

Vamos falar da cultura do preço.

A cultura de se negociar preço no Brasil materializa a imaturidade de um país e de uma Nação. Basicamente parte de uma falsa premissa que todos tem uma margem de lucro generosa e que topam reduzir por um contrato.

Países como o Brasil, onde esta prática é quase uma lei federal esmaga o executivo, o empreendedor, o cidadão e cria uma falsa cultura de vitórias para quem consegue o desconto, o contratante e o machucado contratado.
Uma doença assintomática.
Uma dopamina sintética, maligna e falsa.

É falso porque se é cultural, a margem de negociação já está embutida na composição do preço. Tão simples quanto isso.

Perde-se tempo com esse teatro e finge-se eficiência.

Para piorar, nas tais companhias eficientes, criaram um departamento de negociação de preço(não de fornecedores) com varias ferramentas, práticas e incentivos para esmagar com um pilão as empresas. Uma delas só para exemplificar é o leilão reverso, onde o menor preço leva o contrato. O governo brasileiro, por exemplo, se utiliza desta prática pela sua transparência e austeridade como práticas.

Me parece que o brasileiro entende que lucrar é pecado.Ter uma empresa próspera, com um lucro sustentável – onde se gera empregos, famílias com mais capital e poder para se aplicar, principalmente em educação, moradia e saúde. Ter famílias mais preparadas, cria-se novas gerações para produzir um país melhor, gerando mais emprego, mais negócios, mais arrecadação fiscal e muitos outros benefícios circulares a economia, criando uma espiral ascendente.

Entende que isso não é um plano de incentivo estruturado e que não depende do momento econômico de um país?

Agora, como fazer para acabar com esta cultura maligna?

É simples, não negocie.

Mude o seu pensamento.

Tire a lógica binária de caro ou barato.

Mude para o “posso ou não posso”.

Sim, pesquise fornecedores e entenda o seu preço, baseado no que eles são e principalmente: estipule o seu orçamento. Se você gosta de uma determinada empresa que tem o maior valor, entenda as razões desta composição. O que a faz ter esse posicionamento e avalie se é compensatório para você.

Empresas com boas práticas de ESG, precisam exercer sua Sustentabilidade no seu Suply Chain mudando a sua cultura de contratação.

E você, reflita sobre essa prática.Seja para escolher um restaurante ou comprar um serviço de uma pessoa simples e batalhadora, como a grande maioria do povo brasileiro é e lutam para ganhar o pão de cada dia. São milhares de micro e médio empreeendores que são o motor desta nação.

Isso é mais um passo para um mundo melhor e ao seu alcance hoje, agora.

Texto de Alon Sochaczewski, Founder e CEO da Pipeline Capital.

Acompanhe novidades através do site https://pipeline.capital
e também do LinkedIn
e do Instagram

Compartilhe:

Últimas Postagens

Pipeline Capital e digitaliza.ai lançam o primeiro Scape Report interativo

A Pipeline Capital, empresa global de fusões e aquisições com foco em tecnologia, criadora dos Scape Reports, que se consolidaram como um guia de

Pipeline Capital é advisor da Vianuvem na sua venda para a Unico

  A unico, IDTech brasileira de soluções de proteção de identidade visual anuncia a compra de 100% das operações da Vianuvem, startup de gestão

Retail media e CTV juntas

Texto de Pyr Marcondes, Senior Partner da Pipeline Capital. O levantamento é da Innovid, uma plataforma de adtech e mensuração de performance de mídia.

Preço não se negocia, se respeita.

Texto de Alon Sochaczewski, Founder e CEO da Pipeline Capital. Vamos aproveitar o começo de ano para refletir sobre comportamentos essenciais que podem mudar

O Ecossistema de Inovação de Porto Alegre desabrochou

Texto de Cesar Paz, Business Partner da Pipeline Capital. Para avançarmos na afirmativa do título desse texto, primeiro precisamos entender minimamente o que seria

Retail mídia e a performance das marcas

Texto de Pyr Marcondes, Senior Partner da Pipeline Capital. Explosão de retail mídia inclui performance, mas também construção de marca. Temos visto que praticamente

Connect to the best of M&A world Subscribe to our Newsletter

Pipeline Podcast “Papo de M&A”

Pipeline Capital’s podcast on mergers and acquisitions, innovation and technology.