SaleFast: porque vender rápido pode ser a melhor saída para o seu negócio?

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Texto de Pyr Marcondes, Senior Partner na Pipeline Capital.

O ditado que se consolidou no Vale do Silício é #FailFast. Ele defende a ideia de que já que é muito possível que seu modelo de negócio não seja aquela maravilha que você imaginou no início, aí talvez seja melhor você errar rápido e mudar rápido também. Isso, potencialmente, aumenta suas chances de acertar rápido logo ali adiante.

Aqui o raciocínio bebe da mesma fonte: a velocidade.

Segue a visão. O mundo ali fora está andando bem rápido. Seus concorrentes também. Seus potenciais compradores idem. A consolidação dos mercados passou a ser a regra da vez. Essas seriam algumas das razões. Mas são apenas as externas.

Agora vamos às internas.

Sua empresa anda de lado. Não tem nada a ver com a pandemia. Ela está andando de lado mesmo. Chegou no seu limite máximo de crescimento orgânico com suas próprias pernas.Você e suas equipes bateram já em todas as portas que conhecem, até fecham negócios, mas você sabe que ela não vai escalar. E por escalar digo … avançar rápido e alcançar taxas de crescimento sustentáveis e exponenciais. Não vai, porque não vai. 

Não, não é uma questão de processos internos. Não, não é que é passageiro. Não, não é que se você contratar alguém matador isso vai se resolver. No fundo, você sabe que não vai.

Você pode fazer uma fusão e mudar isso? Pode. Pode ser uma saída? Pode. E essa é uma alternativa que você deve analisar com a máxima atenção, porque pode ser uma bela de uma saída para essa sua situação.

Mas falo aqui de algo mais definitivo, em que a fusão seria, eventualmente, um paliativo. Aí não tem jeito. Você tem a alternativa de seguir crescendo apenas poucos dígitos por ano, pagando lá suas contas, eventualmente até distribuindo algum dividendos, mas pouco. Pouco para quem almeja bem mais do que isso.

Nesse caso, não vai ter muito jeito: #SaleFast. Vender e vender rápido, porque os itens dos primeiros parágrafos deste post são matadores. Eles são #ExpoencialmenteRápidos. E se você não for #SaleFast, será #DançouFast.

A história das empresas e dos negócios nos dias que correm tornou-se cruel. Antes, a história era a perspectiva da construção paulatina de um belo futuro pela frente. Esse tempo se foi e, agora, a história é dos rápidos e eficientes e disruptivos. Ou ela te engole.

Se você foi disruptivo um dia mas não é mais. Se você parou de crescer e anda de lado. Se você não vê perspectivas de avançar mais com as próprias pernas, talvez tenha chegado a hora de pensar em vender sua empresa.

E se essa é a hora, melhor fazer o que precisa fazer rápido: #SaleFast.

Bruna Damas

Bruna Damas