Startup de marketing de influência Spark recebe investimento de R$ 8 milhões

Tempo de leitura:
Compartilhe:

A empresa brasileira de marketing de influência para campanhas e ativações de marca com influenciadores digitais Spark recebeu investimento de R$ 8 milhões (Crédito: Pexels)

Istoe Dinheiro redação 07/07/20 – 13h50

A empresa brasileira de marketing de influência para campanhas e ativações de marca com influenciadores digitais Spark recebeu investimento de R$ 8 milhões. O aporte, de Venture Capital, foi liderado pela gestora de investimentos Apex Partners, que opera em parceria com o BTG Pactual. A operação contou com a assessoria da Pipeline Capital, empresa de fusões e aquisições.

O montante será aplicado no crescimento da empresa em sinergia com a consolidação do mercado de marketing de influência no Brasil, com a abertura de novas áreas de negócios, contratação de equipe e capacitação de profissionais, destacou a Spark, por nota.

A companhia tem como objetivo ampliar a oferta de serviços ligados ao universo de conteúdo e influência digital, o que acontecerá também por meio de fusões e aquisições.

O interesse para realizar o investimento na empresa ocorreu “pelo crescimento exponencial que o segmento de marketing de influência vem apresentando no País. Nosso objetivo é impulsionar o scale-up da empresa e acompanhar sua consolidação no mercado nacional”, explica Fernando Cinelli, presidente da Apex Partners.

No primeiro semestre, cresceu 60% em comparação com o mesmo período do ano anterior. O montante está 13% acima do projetado para o período.

A Spark  acaba de recomprar suas ações do grupo colombiano Fluvip, que em 2016 havia adquirido parte da brasileira. Neste ano, com 100% do controle da operação, a empresa volta a ser comandada pelos sócios fundadores Rafael Coca, Raphael Pinho e Marcus Buaiz.

“Toda essa movimentação de recompra das ações da Spark tem como objetivo focar no desenvolvimento dos nossos negócios no mercado brasileiro, já que o universo de conteúdo e influência digital tem enorme potencial no país. Nosso segmento seguiu crescendo mesmo diante de um cenário macro extremamente desafiador”, explica, por nota, Coca sócio-fundador da Spark.

A Spark contabiliza mais de 2.500 projetos desenvolvidos para os maiores anunciantes do país como Universal Pictures, Via Varejo, Reckitt Benkiser, Grupo Petrópolis, Itaú, Mastercard, Nestlé, Unilever, Johnson & Johnson’s, BRF, Ambev, entre outros, sendo umas das principais empresas de sua categoria no país.

Compartilhe:

Últimas Postagens

Pipeline Capital e digitaliza.ai lançam o primeiro Scape Report interativo

A Pipeline Capital, empresa global de fusões e aquisições com foco em tecnologia, criadora dos Scape Reports, que se consolidaram como um guia de

Pipeline Capital é advisor da Vianuvem na sua venda para a Unico

  A unico, IDTech brasileira de soluções de proteção de identidade visual anuncia a compra de 100% das operações da Vianuvem, startup de gestão

Equity Crowdfunding: Investimento para escalar sua startup

O Equity Crowdfunding ou Crowdfunding de Investimento, é uma ferramenta poderosa para startups que buscam levantar capital e escalar seus negócios. Diferente das formas tradicionais de

DAOs: O futuro da gestão de empresas, agora sem empresas

DAOs é a sigla em inglês para “Decentralized Autonomous Organization“, que em português significa “Organização Autônoma Descentralizada”. Basicamente, estamos falando de empresas sem empresas.

Personalidade do mês: Charlie Munger

Nossa personalidade do mês de junho, Charlie Munger, é uma figura chave no mundo das finanças e dos negócios. Ele nasceu em 1924 e

O que é um processo de M&A?

M&A é a sigla em inglês para Mergers and Acquisitions, em português, Fusões e Aquisições. Trata-se da compra e venda parcial ou total de

Connect to the best of M&A world Subscribe to our Newsletter

Pipeline Podcast “Papo de M&A”

Pipeline Capital’s podcast on mergers and acquisitions, innovation and technology.