momento de fazer um M&A

Qual é a hora certa de sua empresa comprar outra?

Tempo de leitura:
Compartilhe:

Texto de Pyr Marcondes, Senior Partner da Pipeline Capital.

 

Há hora para tudo. Antes ou depois fica errado. A hora certa é a hora certa.  

Mas há um alerta sobre essa questão da hora certa: o medo, o conservadorismo e o desconhecimento são travas que, para muitos, podem parecer mecanismos de segurança e defesa, mas que são, em verdade, obstáculo para o crescimento e o desenvolvimento. Armadilhas para se perder a hora certa.

 

Comprar outras empresas não é diferente desses dois raciocínios aí acima. Há a hora certa para fazer isso. E há o risco de, em nome da prudência, estarmos perdendo a excelência. E tchau! Lá se foi a hora certa.

Há inúmeras razões para sua empresa comprar outras. Aliás, hoje em dia, há cada vez mais razões para sua empresa comprar outras.

O mundo acelerado em que vivemos não permite que empresas se deem mais ao luxo de imaginar que terão todas as soluções para todos os seus problemas desenvolvidos dentro de casa. Não dá mais tempo. É caro demais. Oneroso em demasia. E corre o risco de, quando estiver pronta a solução, o mundo estar em outro drive e sua empresa perder o momento da solução disruptiva que imaginava estar construindo.

Mas não é apenas a questão da velocidade e da inabilidade. Há a questão estratégica e mercadológica também.

Há no mercado um sem número de opções de empresas com soluções complementares e sinérgicas as da sua empresa, que significarão um avanço diferencial de mercado importante se forem incorporadas a sua oferta de valor e de vendas.

 

Estamos falando de plataformas tecnológicas, serviços digitais e de produtos, até de práticas e conhecimento consultivo também. Estamos falando de trazer para dentro de casa a diferenciação que sua empresa, sozinha, não tem. E, provavelmente, não terá.

Mas há outras vantagens em comprar empresas. O valor de sua companhia em mercado, seja na hora de uma venda, seja num momento de IPO, seja, bem, em qualquer momento de liquidez. Porque empresas que contém outras empresas complementares valem mais em qualquer mesa de negociação.

Até mesmo companhias com capital já aberto em bolsa estão hoje lançando mão do buy side para incrementar seu portfólio, cobrir seus gaps, valorizar-se como ativo para seus investidores.

Assim, comprar empresas não é um passo que você e sua companhia devam relutar em dar, se estiver na hora certa. Sob o risco de perder a hora certa.

 

 

Para saber mais sobre o mercado, confira nossa matéria sobre os 5 passos básicos para um M&A dar certo:

5 dicas mais que básicas para um M&A dar certo

 

 

 

Acompanhe novidades através do site https://pipeline.capital
e também do LinkedIn
e do Instagram

 

 

Compartilhe:

Últimas Postagens

Pipeline Capital e digitaliza.ai lançam o primeiro Scape Report interativo

A Pipeline Capital, empresa global de fusões e aquisições com foco em tecnologia, criadora dos Scape Reports, que se consolidaram como um guia de

Pipeline Capital é advisor da Vianuvem na sua venda para a Unico

  A unico, IDTech brasileira de soluções de proteção de identidade visual anuncia a compra de 100% das operações da Vianuvem, startup de gestão

Equity Crowdfunding: Investimento para escalar sua startup

O Equity Crowdfunding ou Crowdfunding de Investimento, é uma ferramenta poderosa para startups que buscam levantar capital e escalar seus negócios. Diferente das formas tradicionais de

DAOs: O futuro da gestão de empresas, agora sem empresas

DAOs é a sigla em inglês para “Decentralized Autonomous Organization“, que em português significa “Organização Autônoma Descentralizada”. Basicamente, estamos falando de empresas sem empresas.

Personalidade do mês: Charlie Munger

Nossa personalidade do mês de junho, Charlie Munger, é uma figura chave no mundo das finanças e dos negócios. Ele nasceu em 1924 e

O que é um processo de M&A?

M&A é a sigla em inglês para Mergers and Acquisitions, em português, Fusões e Aquisições. Trata-se da compra e venda parcial ou total de

Connect to the best of M&A world Subscribe to our Newsletter

Pipeline Podcast “Papo de M&A”

Pipeline Capital’s podcast on mergers and acquisitions, innovation and technology.