Fusões e aquisições seguem ritmo de crescimento em 2022 na América Latina

Tempo de leitura:
Compartilhe:

Com destaque para o Brasil, região registrou mais de US$ 50 milhões em valor agregado de transações no período.

 

Apesar de todos os desafios enfrentados pela economia e pela sociedade no ano passado, o setor de M&A (fusões e aquisições) registrou números significativos no primeiro semestre de 2022 na América Latina, tanto em relação ao número como ao tamanho das transações, com um total de 1.621 fusões e aquisições, entre anunciadas e fechadas, por um valor agregado de US$ 50,094 milhões, de acordo com o último relatório da Transacional Track Record, estudo preparado em parceria com a Aon e Datasite.

 

O estudo mostrou que somente o segundo trimestre de 2022 apresentou um total de 385 fusões e aquisições, entre anunciadas e fechadas, por um valor agregado de mais de US$ 14 milhões na América Latina. Em comparação com o mesmo período de 2020, no auge da recessão por conta da pandemia de covid-19, houve um crescimento de 55,5% no número de transações de M&A na América Latina.

Também segundo o levantamento, o Brasil liderou o ranking dos países mais ativos da região desde o início de 2022, com 1.130 transações no primeiro semestre de 2022, representando um aumento de 3% em relação ao mesmo período do ano anterior, atingindo US$ 31,294 milhões em capital mobilizado. Em seguida, aparece o México, com 191 transações e US$ 7,438 milhões em capital movimentado.

Sobre as indústrias que mais cresceram no mercado latino-americano de M&A, os setores de tecnologia e o financeiro mostraram um aumento muito importante no ritmo das transações. Apesar de promissoras, elas têm um componente de risco de responsabilidade, bem como riscos cibernéticos, extremamente críticos que precisam ser bem avaliados no momento da aquisição de um negócio.

 

Matéria originalmente publicada em Exame.

 

 

Acompanhe novidades através do site https://pipeline.capital
e também do LinkedIn
e do Instagram

 

Compartilhe:

Últimas Postagens

Pipeline Capital e digitaliza.ai lançam o primeiro Scape Report interativo

A Pipeline Capital, empresa global de fusões e aquisições com foco em tecnologia, criadora dos Scape Reports, que se consolidaram como um guia de

Pipeline Capital é advisor da Vianuvem na sua venda para a Unico

  A unico, IDTech brasileira de soluções de proteção de identidade visual anuncia a compra de 100% das operações da Vianuvem, startup de gestão

O que é um processo de M&A?

M&A é a sigla em inglês para Mergers and Acquisitions, em português, Fusões e Aquisições. Trata-se da compra e venda parcial ou total de

O que é Martech

E por que Martech é essencial para o sucesso do seu negócio. Para começar, é importante entender o que é Martech. O termo “Martech”

M&A mostra tendência positiva, que deve se consolidar

Texto de Alon Sochaczewski, fundador e CEO da Pipeline Capital. No mais recente estudo do Morgan Stanley, cujo título é “Why 2024 Could Be a

Venture Capital vs Venture Debt: Financiamento para startups

Venture capital vs venture debt, entenda suas diferenças, vantagens e desvantagens, e também o momento mais apropriado para cada financiamento. O acesso ao capital

Connect to the best of M&A world Subscribe to our Newsletter

Pipeline Podcast “Papo de M&A”

Pipeline Capital’s podcast on mergers and acquisitions, innovation and technology.