Impacto não óbvio da guerra: aumento de investimentos em tech compliance

Tempo de leitura:
Compartilhe:

Texto de Pyr Marcondes, Senior Partner da Pipeline Capital Tech.

Quando as forças russas atacaram a Ucrânia no mês passado, os EUA e seus aliados impuseram sanções severas aos negócios com o País, cortando mais da metade das importações de alta tecnologia da Rússia e restringindo seu acesso a insumos tecnológicos.

Um impacto de todo esse movimento é que as empresas globais ocidentais precisaram se adequar ao embargo e estruturar de forma diferenciada e altamente precisa seus ambientes de tech compliance. Um setor, de resto, em alta velocidade de crescimento. Mesmo antes da guerra.

“Este não é um espaço sexy”, disse Martin Markiewicz, CEO e cofundador da Silent Eight – que aproveita a IA para criar modelos de conformidade personalizados para instituições financeiras. “Mas é difícil, especialmente quando você tem que fazer isso em nível global.”

A tecnologia de conformidade – regtech, como alguns chamam – pode ajudar as empresas a seguir as regras e leis que cercam o mundo das finanças, saúde, privacidade e muito mais. À medida que as regulamentações cresceram com novas leis – como o Regulamento Geral de Proteção de Dados da União Europeia – o setor de conformidade também cresceu, pois as empresas buscam manter por meio da automação o que antes faziam manualmente.

“Dez anos atrás, os humanos podiam fazer planilhas dessas coisas”, disse Mukund Goenka, cofundador e CEO da Regology, que organiza regulamentações globalmente para ajudar as empresas com conformidade. “Mas agora, mesmo se você estiver na fabricação ou na IoT, não poderá fazer isso.”

A fórmula é simples: quanto mais regulamentos, mais dinheiro.

 

À medida que a regulamentação cresceu, o mesmo aconteceu com o investimento nessa indústria. Embora bastante nicho há apenas cinco anos, o investimento em empresas de conformidade apoiadas por capital de risco explodiu no ano passado – exatamente porque os problemas de dados e privacidade estavam se tornando cada vez mais críticos.

O setor tem visto um aumento constante nos dólares investidos ao longo dos anos: o financiamento de compliance saltou de US$ 1,7 bilhão em 2020 para mais de US$ 5 bilhões no ano passado. Ele está se aproximando de US$ 1 bilhão este ano após apenas cerca de 10 semanas.

Embora a indústria tenha visto mais dinheiro, também teve mais com o que lidar do que nunca – incluindo agora amplas sanções devido à guerra estimulada por uma superpotência.

“Vimos um grande aumento na semana passada para esta semana no número de ligações de vendas”, disse Goenka, que acrescentou que o aumento foi de cerca de 3x.

A Regology – que arrecadou US$ 8 milhões da Série A em agosto passado – mantém um banco de dados de leis e regulamentos para mais de 30 países e rastreia mais de 4.000 fontes em todo o mundo diariamente para manter seus clientes atualizados sobre quaisquer alterações que possam afetá-los.

Goenka disse que no dia seguinte à invasão da Ucrânia pela Rússia, uma empresa parceira que saiu da Y Combinator com Regology ligou para ele. A startup tem um fundador ucraniano e russo.

“Eles ficaram tipo, ‘O que vamos fazer?'”, disse Goenka.

 

Enquanto muitos pensam apenas em dinheiro quando se trata das sanções anunciadas, Goenka disse que é importante lembrar que envolve muito mais. Por exemplo, as novas sanções podem envolver uma empresa dos EUA que projetou um produto que está sendo construído no exterior e vendido na Rússia.

Toda essa complexidade é sinônimo de oportunidade. Os investimentos vão só crescer em tech compliance. Sem volta.

 

 

Acompanhe novidades através do site https://pipeline.capital
e também do LinkedIn
Instagram

Compartilhe:

Últimas Postagens

Pipeline Capital e digitaliza.ai lançam o primeiro Scape Report interativo

A Pipeline Capital, empresa global de fusões e aquisições com foco em tecnologia, criadora dos Scape Reports, que se consolidaram como um guia de

Pipeline Capital é advisor da Vianuvem na sua venda para a Unico

  A unico, IDTech brasileira de soluções de proteção de identidade visual anuncia a compra de 100% das operações da Vianuvem, startup de gestão

Pipeline Capital é Advisor da Cadastra na compra da Qexpert

A Cadastra, empresa global de soluções de marketing, tecnologia, estratégia de negócios, data e analytics, realizou sua terceira aquisição em quatro meses. Desta vez,

Retail media e CTV juntas

Texto de Pyr Marcondes, Senior Partner da Pipeline Capital. O levantamento é da Innovid, uma plataforma de adtech e mensuração de performance de mídia.

Preço não se negocia, se respeita.

Texto de Alon Sochaczewski, Founder e CEO da Pipeline Capital. Vamos aproveitar o começo de ano para refletir sobre comportamentos essenciais que podem mudar

O Ecossistema de Inovação de Porto Alegre desabrochou

Texto de Cesar Paz, Business Partner da Pipeline Capital. Para avançarmos na afirmativa do título desse texto, primeiro precisamos entender minimamente o que seria

Connect to the best of M&A world Subscribe to our Newsletter

Pipeline Podcast “Papo de M&A”

Pipeline Capital’s podcast on mergers and acquisitions, innovation and technology.