Impacto não óbvio da guerra: aumento de investimentos em tech compliance

Tempo de leitura:
Compartilhe:

Texto de Pyr Marcondes, Senior Partner da Pipeline Capital Tech.

Quando as forças russas atacaram a Ucrânia no mês passado, os EUA e seus aliados impuseram sanções severas aos negócios com o País, cortando mais da metade das importações de alta tecnologia da Rússia e restringindo seu acesso a insumos tecnológicos.

Um impacto de todo esse movimento é que as empresas globais ocidentais precisaram se adequar ao embargo e estruturar de forma diferenciada e altamente precisa seus ambientes de tech compliance. Um setor, de resto, em alta velocidade de crescimento. Mesmo antes da guerra.

“Este não é um espaço sexy”, disse Martin Markiewicz, CEO e cofundador da Silent Eight – que aproveita a IA para criar modelos de conformidade personalizados para instituições financeiras. “Mas é difícil, especialmente quando você tem que fazer isso em nível global.”

A tecnologia de conformidade – regtech, como alguns chamam – pode ajudar as empresas a seguir as regras e leis que cercam o mundo das finanças, saúde, privacidade e muito mais. À medida que as regulamentações cresceram com novas leis – como o Regulamento Geral de Proteção de Dados da União Europeia – o setor de conformidade também cresceu, pois as empresas buscam manter por meio da automação o que antes faziam manualmente.

“Dez anos atrás, os humanos podiam fazer planilhas dessas coisas”, disse Mukund Goenka, cofundador e CEO da Regology, que organiza regulamentações globalmente para ajudar as empresas com conformidade. “Mas agora, mesmo se você estiver na fabricação ou na IoT, não poderá fazer isso.”

A fórmula é simples: quanto mais regulamentos, mais dinheiro.

 

À medida que a regulamentação cresceu, o mesmo aconteceu com o investimento nessa indústria. Embora bastante nicho há apenas cinco anos, o investimento em empresas de conformidade apoiadas por capital de risco explodiu no ano passado – exatamente porque os problemas de dados e privacidade estavam se tornando cada vez mais críticos.

O setor tem visto um aumento constante nos dólares investidos ao longo dos anos: o financiamento de compliance saltou de US$ 1,7 bilhão em 2020 para mais de US$ 5 bilhões no ano passado. Ele está se aproximando de US$ 1 bilhão este ano após apenas cerca de 10 semanas.

Embora a indústria tenha visto mais dinheiro, também teve mais com o que lidar do que nunca – incluindo agora amplas sanções devido à guerra estimulada por uma superpotência.

“Vimos um grande aumento na semana passada para esta semana no número de ligações de vendas”, disse Goenka, que acrescentou que o aumento foi de cerca de 3x.

A Regology – que arrecadou US$ 8 milhões da Série A em agosto passado – mantém um banco de dados de leis e regulamentos para mais de 30 países e rastreia mais de 4.000 fontes em todo o mundo diariamente para manter seus clientes atualizados sobre quaisquer alterações que possam afetá-los.

Goenka disse que no dia seguinte à invasão da Ucrânia pela Rússia, uma empresa parceira que saiu da Y Combinator com Regology ligou para ele. A startup tem um fundador ucraniano e russo.

“Eles ficaram tipo, ‘O que vamos fazer?'”, disse Goenka.

 

Enquanto muitos pensam apenas em dinheiro quando se trata das sanções anunciadas, Goenka disse que é importante lembrar que envolve muito mais. Por exemplo, as novas sanções podem envolver uma empresa dos EUA que projetou um produto que está sendo construído no exterior e vendido na Rússia.

Toda essa complexidade é sinônimo de oportunidade. Os investimentos vão só crescer em tech compliance. Sem volta.

 

 

Acompanhe novidades através do site https://pipeline.capital
e também do LinkedIn
Instagram

Compartilhe:

Últimas Postagens

Pipeline Capital e digitaliza.ai lançam o primeiro Scape Report interativo

A Pipeline Capital, empresa global de fusões e aquisições com foco em tecnologia, criadora dos Scape Reports, que se consolidaram como um guia de

Pipeline Capital é advisor da Vianuvem na sua venda para a Unico

  A unico, IDTech brasileira de soluções de proteção de identidade visual anuncia a compra de 100% das operações da Vianuvem, startup de gestão

Pipeline Capital faz rodada de crowdequity com sucesso para FRN³

Com 10 anos de atividade, posicionada no quadrante Platinum de Engineering Abilities da VTEX, e tendo entre seus principais clientes Seara, JBS, Panasonic, Decathlon,

Impulsione o crescimento da sua empresa com M&A

O crescimento da sua empresa vai além de um desejo – é um imperativo para assegurar sua continuidade no mercado. Entre as estratégias adotadas

Pipeline Capital é advisor da Cadastra na compra da Maeztra

A Pipeline Capital, empresa global de M&A, assessorou a Cadastra, empresa global de serviços de tecnologia, comunicação, dados e estratégia, em sua quarta aquisição seguida

Os benefícios de vender seu negócio para uma empresa maior

Vender seu negócio pode ser uma decisão difícil, mas ao considerar as vantagens de vender para uma empresa maior, muitas vezes se torna uma

Connect to the best of M&A world Subscribe to our Newsletter

Pipeline Podcast “Papo de M&A”

Pipeline Capital’s podcast on mergers and acquisitions, innovation and technology.