fim de ano pipeline

2021: o ano em que compreendemos definitivamente que as economias são digitais.

Tempo de leitura:
Compartilhe:

Neste ano que se encerra, a Pipeline Capital Tech gostaria de compartilhar com seus parceiros de negócios um pequeno balanço do que, em nossa visão, foi o ano de 2021, adicionando a isso alguns highlights para o ano que vem. Sempre com o objetivo de contribuir para  evolução do mercado e seu desenvolvimento futuro.

Neste ano e em todos os que virão, nada mais escapa ao tech. E neste ano, mais do que os que o antecederam, ficou mais do que claro o fato de que é a digitalização das atividades humanas que move o mundo. A pandemia acelerou isso, mas trata-se de uma transformação estrutural das economias globais que vinha já se desenhando no tempo.

Essa digitalização das economias nós, da Pipeline Capital Tech, chamamos de The Tech Capital Master Change.

Há um fenômeno de transformação profunda acontecendo bem no coração do capitalismo moderno e é isso o The Capital Tech Master Change.

Entendemos que o motor do sistema econômico mais vigoroso criado pelo homem, agora está sendo movido como nunca pelas forças exponenciais da tecnologia digital e essa é a evolução mais relevante e poderosa que moldará o futuro das empresas e todo o sistema em si.

Este ano isso se consolidou de forma definitiva e única. E de agora em diante essa tendência só irá se acelerar ainda mais.

Os negócios de tech M&A em 2021 foram acelerados exatamente por essa onda – um tsunami, em verdade – de digitalização internacional e o Brasil, com suas características e seu ritmo próprio, mas da mesma forma como os demais países do mundo, sentiu também o impacto (positivo) dessa renovada dinâmica.

Como publicamos em nosso Blog recentemente: “A atividade global de M&A bateu novos recordes, aproveitando a seqüência de acelerações nas negociações do setor desde o início do ano, auxiliada por baixas taxas de juros e alta nos preços das ações. De acordo com dados do Refinitiv, o valor total de negócios anunciados em 2021 já atingiu US $ 3,6 trilhões no acumulado do ano, superando a contagem anual de US $ 3,59 trilhões em 2020. Neste ano, já foram anunciados 35.128 negócios, um salto de 24% em relação ao ano passado.”

Segundo levantamento da consultoria e auditoria PwC Brasil, o volume de operações de fusões e aquisições nacionais bateu novo recorde no primeiro semestre de 2021. Em todo o ano de 2020, foram movimentados R$ 229 bilhões. Comparativamente, ainda em junho de 2021, já se calcula movimentação de R$ 258 bilhões em operações de M&A anunciadas e concluídas, o que representa um expressivo aumento de 48% frente aos números apurados no primeiro semestre do ano de 2020.

Segundo o levantamento realizado pela plataforma Transactional Track Record (TTR), os setores de tecnologia, finanças e seguros estão entre os mais aquecidos dos últimos tempos. Especificamente o setor de tecnologia registrou, até o terceiro trimestre deste ano, um aumento de 54% no número de transações em relação ao mesmo período de 2020.

Para nós, aqui na Pipeline Capital Tech, esse movimento foi igualmente positivo. Nos últimos 10 meses, realizamos 8 novos negócios e a perspectiva é de que, até o final de Janeiro do ano que vem, realizemos adicionalmente outras 4 transações, o que no total somará, se confirmadas, 12 transações em 12 meses. 

Um ano excepcional.

Essa aceleração digital se dá por conta da evolução tecnológica exponencial, cujos grandes drivers são a Inteligência Artificial e, de agora em diante, o avanço das plataformas 5G, que dotarão as coisas de conectividade: é o fenômeno da Internet das Coisas, que já se iniciou e só crescerá. 

Esses dois pilares sustentarão a expansão, em nossa opinião, dos negócios em algumas áreas especialmente. 

Web3 – As discussões em 2022 se aprofundarão sobre a viabilidade ou não de uma internet baseada em blockchain, com todos os seus efeitos nos mercados financeiros e nas economias em geral. Como decorrência desse impacto, a indústria do blockchain e todo o seu ecossistema, das criptomoedas as NFTs, deverão se beneficiar de alguma forma desses avanços.

Decentralized Finance – os bancos não serão mais os gate keepers do mundo financeiro e o setor de finanças será cada mais e mais descentralizado. O open banking é só uma aspecto disso.

Cognitive – as ciências e plataformas que estão ligadas ao conhecimento e relacionamento com os seres humanos, atuando, apesar de serem máquinas, como seres humanos. São elas Immersive Realities/XR, NLP, Voice Assistants, Biometrics e os robôs.

Deveremos viver ainda a expansão dos segmentos de negócios abaixo:

  • Full Commerce
  • Cloud
  • AI para biometria, conversão e dados
  • Mobile – geolocation 
  • Ads para marketplaces 
  • Fábricas de software e criação de produtos digitais para todo esse novo universo
  • Realidades imersivas para varejo físico e digital, foco em marketplaces
  • Infraestrutura de dados voltado ao mundo martech, que também passará por uma expansão relevante
  • Infraestrutura para Social Commerce 

Assim como 2021, o ano que em breve se inicia será acelerado pela tecnologia e pelas transformações exponenciais estruturais e de negócios, como acabamos de descrever.

A Pipeline Capital Tech, que tem Capital e Tech no nome, acredita que esses avanços serão inevitáveis e positivos. E que estaremos aqui, prontos para eles. E prontos também para estar alinhados com os objetivos empresariais de todos os nossos parceiros de negócios.

Que venha 2022! Surfaremos juntos esta onda.

Compartilhe:

Últimas Postagens

Pipeline Capital e digitaliza.ai lançam o primeiro Scape Report interativo

A Pipeline Capital, empresa global de fusões e aquisições com foco em tecnologia, criadora dos Scape Reports, que se consolidaram como um guia de

Pipeline Capital é advisor da Vianuvem na sua venda para a Unico

  A unico, IDTech brasileira de soluções de proteção de identidade visual anuncia a compra de 100% das operações da Vianuvem, startup de gestão

Retail media e CTV juntas

Texto de Pyr Marcondes, Senior Partner da Pipeline Capital. O levantamento é da Innovid, uma plataforma de adtech e mensuração de performance de mídia.

Preço não se negocia, se respeita.

Texto de Alon Sochaczewski, Founder e CEO da Pipeline Capital. Vamos aproveitar o começo de ano para refletir sobre comportamentos essenciais que podem mudar

O Ecossistema de Inovação de Porto Alegre desabrochou

Texto de Cesar Paz, Business Partner da Pipeline Capital. Para avançarmos na afirmativa do título desse texto, primeiro precisamos entender minimamente o que seria

Retail mídia e a performance das marcas

Texto de Pyr Marcondes, Senior Partner da Pipeline Capital. Explosão de retail mídia inclui performance, mas também construção de marca. Temos visto que praticamente

Connect to the best of M&A world Subscribe to our Newsletter

Pipeline Podcast “Papo de M&A”

Pipeline Capital’s podcast on mergers and acquisitions, innovation and technology.