A América Latina teve em 2020 o maior crescimento mundial em E-commerce

Tempo de leitura:
Compartilhe:

A pandemia teve um impacto profundo no setor de varejo da América Latina. A obrigação de ficar em casa forçaram os varejistas a fechar lojas físicas, causando estragos nos resultados financeiros de muitas empresas.

Ainda assim, a aceitação calorosa de varejistas e consumidores do comércio eletrônico tem sido uma fresta de esperança. As vendas de comércio eletrônico  cresceram 36,7% este ano, para US 84,95 bilhões, quase três vezes mais do que o crescimento de 12,5% que estimavamos em nossa previsão para o quarto trimestre de 2019 – e quase o dobro do crescimento de 19,4% na nossa atualização de maio de 2020.

Este crescimento impressionante também fará da América Latina o mercado de varejo eletrônico de varejo de crescimento mais rápido pela primeira vez desde que começamos a cobrir a região em 2009. É também a primeira vez desde 2010 que a Ásia-Pacífico não terá mais seu histórico No. 1 posição.

Este crescimento decorre em parte do fato de que duas das potências econômicas da região – Buenos Aires, Argentina, e São Paulo, Brasil – estão sob alguns dos mais longos bloqueios impostos pelo governo em todo o mundo desde 20 e 22 de março, respectivamente.

Embora o presidente Alberto Fernández, da Argentina, tenha encerrado as medidas de bloqueio de Buenos Aires no início de novembro, a cidade passou a um distanciamento social “inteligente” no final do mês, o que encorajou as pessoas a tomarem decisões inteligentes ao decidir com quem interagir. Enquanto isso, o governador João Doria de São Paulo estendeu as medidas de bloqueio até 16 de dezembro, após as agora mais de 44.000 mortes relatadas por COVID-19.

Isso impulsionou ainda mais a mudança do consumidor em direção ao comércio eletrônico. Apesar de seu ambiente macroeconômico precário, a Argentina será o mercado varejista de comércio eletrônico de crescimento mais rápido em todo o mundo, com 79,0%, entre os 32 países que acompanhamos.

Enquanto isso, o Brasil ocupará o quarto lugar, com 35,0%, ligeiramente à frente do Reino Unido (34,7%) e 1 ponto percentual atrás da Espanha (36,0%). Para referência, o México chegará em 17º com um crescimento igualmente notável de 27,0%.


Clique e baixe o seu Scape de E-Commerce 2020

Você tambem pode se interessar:

Compartilhe:

Últimas Postagens

Pipeline Capital e digitaliza.ai lançam o primeiro Scape Report interativo

A Pipeline Capital, empresa global de fusões e aquisições com foco em tecnologia, criadora dos Scape Reports, que se consolidaram como um guia de

Pipeline Capital é advisor da Vianuvem na sua venda para a Unico

  A unico, IDTech brasileira de soluções de proteção de identidade visual anuncia a compra de 100% das operações da Vianuvem, startup de gestão

Retail media e CTV juntas

Texto de Pyr Marcondes, Senior Partner da Pipeline Capital. O levantamento é da Innovid, uma plataforma de adtech e mensuração de performance de mídia.

Preço não se negocia, se respeita.

Texto de Alon Sochaczewski, Founder e CEO da Pipeline Capital. Vamos aproveitar o começo de ano para refletir sobre comportamentos essenciais que podem mudar

O Ecossistema de Inovação de Porto Alegre desabrochou

Texto de Cesar Paz, Business Partner da Pipeline Capital. Para avançarmos na afirmativa do título desse texto, primeiro precisamos entender minimamente o que seria

Retail mídia e a performance das marcas

Texto de Pyr Marcondes, Senior Partner da Pipeline Capital. Explosão de retail mídia inclui performance, mas também construção de marca. Temos visto que praticamente

Connect to the best of M&A world Subscribe to our Newsletter

Pipeline Podcast “Papo de M&A”

Pipeline Capital’s podcast on mergers and acquisitions, innovation and technology.