To build or yes to builder

Tempo de leitura:
Compartilhe:

O bom estrategista precisa estar aberto a conselhos e informações de diferentes fontes, já dizia Sun Tzu no célebre livro “A Arte da Guerra”. Exemplos não faltam de como é essencial contar com parcerias estratégicas na estrada do sucesso: Michael Jordan e Phil Jackson, Steve Jobs e Steve Wozniak, John Lennon e Paul McCartney.

Embora não seja uma guerra bélica ou um campeonato em si, a jornada do empreendedor é um caminho onde sobram batalhas – e, exatamente por isso, é uma saga igualmente difícil. Manter-se relevante no mundo corporativo é tarefa complexa, já que a competitividade ameaça com constância os negócios mais promissores. Nesse contexto, é fundamental reconhecer momentos em que não é possível avançar sozinho e em que receber ajuda profissional pode ser a chave para superar impasses e impulsionar o crescimento.

As venture builders surgem, no universo de startups de pequeno e médio portes, como fortes catalisadoras do crescimento das empresas, conduzindo-as a um nível mais avançado de entregas e de valuation. Frequentemente constituídas por empreendedores que já sofreram as dores comuns de se montar um negócio, atuam identificando cirurgicamente os principais pontos a serem trabalhados e reorganizados, através de ações claras e regradas. Mais que uma consultoria ou um processo de advisory, as builders realizam uma gestão conjunta da empresa e com isso se tornam participantes de seu processo de condução. Decisões que demandam agilidade e conhecimento do cenário de atuação podem ser tomadas muito mais facilmente, acertando com mais frequência o rumo e imprimindo rapidez na correção de rotas. 

Buscar ajuda não significa fraqueza ou falta de competência do empreendedor – pelo contrário, demonstra sua maturidade em reconhecer que experiências trocadas abrem espaço para novas perspectivas e novas redes de contatos, promovendo insights inovadores que elevarão o patamar de atuação corporativa. Afinal de contas, um futuro próspero começa com um presente maduro.

Compartilhe:

Últimas Postagens

Pipeline Capital e digitaliza.ai lançam o primeiro Scape Report interativo

A Pipeline Capital, empresa global de fusões e aquisições com foco em tecnologia, criadora dos Scape Reports, que se consolidaram como um guia de

Pipeline Capital é advisor da Vianuvem na sua venda para a Unico

  A unico, IDTech brasileira de soluções de proteção de identidade visual anuncia a compra de 100% das operações da Vianuvem, startup de gestão

Pipeline Capital faz rodada de crowdequity com sucesso para FRN³

Com 10 anos de atividade, posicionada no quadrante Platinum de Engineering Abilities da VTEX, e tendo entre seus principais clientes Seara, JBS, Panasonic, Decathlon,

Impulsione o crescimento da sua empresa com M&A

O crescimento da sua empresa vai além de um desejo – é um imperativo para assegurar sua continuidade no mercado. Entre as estratégias adotadas

Pipeline Capital é advisor da Cadastra na compra da Maeztra

A Pipeline Capital, empresa global de M&A, assessorou a Cadastra, empresa global de serviços de tecnologia, comunicação, dados e estratégia, em sua quarta aquisição seguida

Os benefícios de vender seu negócio para uma empresa maior

Vender seu negócio pode ser uma decisão difícil, mas ao considerar as vantagens de vender para uma empresa maior, muitas vezes se torna uma

Connect to the best of M&A world Subscribe to our Newsletter

Pipeline Podcast “Papo de M&A”

Pipeline Capital’s podcast on mergers and acquisitions, innovation and technology.