Numeros de comércio eletrônico no varejo na América Latina de 2019 a 2023

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Em 2019, as vendas de comércio eletrônico no varejo na América Latina ultrapassaram 70 bilhões de dólares americanos. De acordo com as previsões que levam em consideração o impacto da pandemia COVID-19, esse número deve chegar a quase 116 bilhões em 2023.

Principais mercados da região:

Com base nas estimativas do Statista Digital Market Outlook, o México e o Brasil representariam juntos mais de 60 por cento do mercado de comércio eletrônico na América Latina em 2020. Na verdade, as previsões para o mesmo ano indicam que o comércio eletrônico de varejo representaria aproximadamente 5,5% do produto interno bruto do México e 4,5% do Brasil.

Impulso do COVID-19 para o e-commerce

O surto inesperado do novo coronavírus SARS-CoV-2 impactou rapidamente o comércio online na América Latina. Confinados em suas residências, muitos consumidores encontraram na web uma forma segura de fazer compras e pagamentos. Enquanto as receitas do comércio eletrônico aumentaram em toda a região, o Peru se destacou com um crescimento sem precedentes de 900%. A previsão é de que, após tal impulso, as vendas online no país andino ultrapassem 2,7 bilhões de dólares até o final de 2020.



Você tambem pode se interessar:



Felipe Wasserman

Felipe Wasserman

20 anos de experiência profissional com foco em gestão de marketing e M&A para o segmento de varejo com atuação em modelo de negócios online e off-line.