O mercado brasileiro registrou em 2020, 1.549 transações e um valor total de R$ 229,5 bi.

Tempo de leitura:
Compartilhe:

O mercado transacional brasileiro registrou em 2020,  1.549 transações e um valor total de BRL 229,5bi, segundo dados do TTR . Isto representa uma redução de 32% do valor movimentado e uma diminuição de 5% no número de transações em relação ao mesmo período de 2019.  

Por sua vez, o número de transações manteve a tendência de crescimento iniciada no segundo trimestre e atingiu um volume de 491 negócios no quarto trimestre do ano e um valor total de BRL 81,4bi.  Na comparação anual houve uma redução de 3% no número de transações em relação ao 4T 2019.  

Ao longo de todo o ano de 2020, o setor Tecnológico foi o mais ativo e registrou 504 transações , o que representa um aumento de 19% em comparação com 2019. No segundo lugar, o setor Financeiro e Seguros aumentou em 4%, com  um total de 222 operações. Já o setor de Higiene e Saúde foi o terceiro mais ativo que com 175 transações teve um aumento de 22% na comparação anual. 

Âmbito Cross-Border 

Em 2020, os Estados Unidos reduziram suas aquisições no Brasil em 18%. Da mesma forma, Fundos de Private Equity e Venture Capital estrangeiros também reduziram seus investimentos no Brasil em 42%. Já em relação a aquisição de empresas de Tecnologia por investidores estrangeiros não houve variação na comparação anual. 

Os Estados Unidos continuam sendo o principal investidor no Brasil e estiveram envolvidos em 119 aquisições em 2020, o segundo país que mais investiu no Brasil esse ano foi a Alemanha com 22 transações, e os terceiros más ativos foram a Espanha, o Reino Unido e o Canadá, que estiveram envolvidos em 15 aquisições no Brasil cada um deles.  

Em relação à atuação brasileira no exterior, Estados Unidos é o destino favorito na hora de realizar investimentos, com 24 transações registadas em 2020. O segundo lugar onde o Brasil investiu mais esse ano é a Colômbia com nove transações. 

Private Equity

Em 2020, foram registrados 124 investimentos realizados por os fundos de Private Equity, dos quais 42 tiveram valor divulgados que somaram BRL 11,5bi, o que representa uma redução de 55% na comparação anual.  

Venture Capital 

Os fundos de Venture Capital movimentaram um total de BRL 18,6bi em 2020, aumento de 71% em relação a 2019. Foram 421 rodadas de investimento, o que representa um crescimento anual de 35%. O setor mais ativo foi o de Tecnologia com 269 transações, aumento de 32% na comparação anual. O setor de Financeiro e Seguros apresentou 84 transações, crescimento de 29% e o terceiro setor mais ativo foi o de Higiene e Saúde com um salto de 132% em relação a 2019, com 44 investimentos. 

Transação do trimestre 

A transação destacada pelo TTR no 4T20 foi a aquisição de ativos móveis e licenças da Oi, por parte do consórcio formado pelas operadoras Telefônica Brasil, Tim e Claro. A operação do setor de telecomunicações móveis movimentou BRL 16,5bi. 

A transação contou com a assessoria legal em lei brasileira dos escritórios BMA – Barbosa Müssnich Aragão, Machado, Meyer, Sendacz e Opice Advogados, Pinheiro Neto Advogados e Veirano Advogados. A assessoria financeira ficou por conta do Banco Merrill Lynch Brasil, Banco BTG Pactual, Banco Itaú BBA e Deloitte. 

Ranking de assessores Jurídicos e Financeiros

O informe publica os rankings de assessores financeiros e jurídicos em  2020 en M&A, Private Equity, Venture Capital e Mercado de Capitais, onde se informa a atividade das firmas destacadas pelo número de transações e pelo valor total das mesmas.

Compartilhe:

Últimas Postagens

Pipeline Capital e digitaliza.ai lançam o primeiro Scape Report interativo

A Pipeline Capital, empresa global de fusões e aquisições com foco em tecnologia, criadora dos Scape Reports, que se consolidaram como um guia de

Pipeline Capital é advisor da Vianuvem na sua venda para a Unico

  A unico, IDTech brasileira de soluções de proteção de identidade visual anuncia a compra de 100% das operações da Vianuvem, startup de gestão

Pipeline Capital é Advisor da Cadastra na compra da Qexpert

A Cadastra, empresa global de soluções de marketing, tecnologia, estratégia de negócios, data e analytics, realizou sua terceira aquisição em quatro meses. Desta vez,

Retail media e CTV juntas

Texto de Pyr Marcondes, Senior Partner da Pipeline Capital. O levantamento é da Innovid, uma plataforma de adtech e mensuração de performance de mídia.

Preço não se negocia, se respeita.

Texto de Alon Sochaczewski, Founder e CEO da Pipeline Capital. Vamos aproveitar o começo de ano para refletir sobre comportamentos essenciais que podem mudar

O Ecossistema de Inovação de Porto Alegre desabrochou

Texto de Cesar Paz, Business Partner da Pipeline Capital. Para avançarmos na afirmativa do título desse texto, primeiro precisamos entender minimamente o que seria

Connect to the best of M&A world Subscribe to our Newsletter

Pipeline Podcast “Papo de M&A”

Pipeline Capital’s podcast on mergers and acquisitions, innovation and technology.