Os desafios do trabalho remoto para empresas

Tempo de leitura:
Compartilhe:

Segundo pesquisa da AL + People & Performance Solutions, os maiores obstáculos são manter a cultura da companhia e o engajamento à distância

A pandemia da Covid-19 separou fisicamente as pessoas e alterou a nossa rotina radicalmente. Com o avanço da doença no País e com a implementação das medidas de distanciamento social, as empresas se viram obrigadas a mudar seus modelos de negócio para se sustentarem na crise, e procuraram estratégias para manter uma aproximação da marca com seus clientes e colaboradores.

Um dos reflexos foi a implantação do trabalho remoto, e com ele já vieram as dificuldades. Estudo feito pela AL + People & Performance Solutions, revelou que manter a cultura, o engajamento e a boa comunicação à distância foram os maiores desafios encontrados pelas empresas no regime de home office.

Entre os executivos ouvidos no levantamento, 33,9% acreditam que o maior desafio foi manter uma cultura organizacional. Já para 25,4% manter o engajamento da equipe foi o maior obstáculo, e outros 24,3% citaram a comunicação como maior dificuldade no home office.

Para Lizandra Freitas, general manager da Kimberly- Clark Professional, a questão da cultura organizacional é realmente um grande desafio no trabalho remoto. “Pra você transmitir cultura empresarial, você precisa que as pessoas estejam juntas, construir o sentimento de formação de time, de espírito de equipe”, explica. E complementa: “como você faz para incorporar uma pessoa nova para que ela entenda como que é a cultura da empresa? Eu acho que as pessoas precisam estar juntas”.

Mas a mudança causada pela pandemia, segundo a executiva da Kimberly Clark, também teve seu lado positivo. Ela fez com que as empresas parassem de temer o home office.  “A Covid fez com que as empresas deixassem de ter um pouco de medo. Existia um certo temor no trabalho remoto, se a tecnologia ia suportar as reuniões, e eu acho que as empresas viram que isso dá pra fazer, que agrega valor”, conta.

O estudo ainda expôs que os executivos estão cada vez mais interessados em investir na infraestrutura tecnológica dos negócios. Empresas menores, que não tinham tanta experiência com ferramentas tecnologias, precisaram se adaptar e investir em tecnologia para implantar o home office e também para manter seus clientes durante a crise causada pelo Coronavírus.

Uma pesquisa feita pela plataforma Capterra, da consultoria Gartner, apontou que 43% das PMEs tiveram que adotar novas tecnologias para o trabalho remoto. E que 55% dessas empresas não costumavam praticar o home office antes da Pandemia.

Ainda sobre as PMEs, a pesquisa mostrou que 53% delas tiveram que implementar a venda e oferta on-line de seus produtos. “Essas novas tecnologias fizeram com que um universo inteiro que não vendia online, como pequenas mercearias e pequenas pizzarias que não teriam capacidade de fazer uma venda online, hoje vendam seus produtos na redes sociais, nos aplicativos”, conta Felipe Wasserman, sócio e Head de Marketing da Pipeline Capital.

  1. Pipeline Capital faz parceria com Google
  2. Como fazer um Pitch deck vencedor
  3. Robô ou humano? Quem escreveu esse texto?
  4. Interesse por IPO no Brasil cresce na pandemia
  5. Direito trabalhista na Crise – Entrevista Rosa Bicker
  6. Inteligência artificial para marketing
Compartilhe:

Últimas Postagens

Pipeline Capital e digitaliza.ai lançam o primeiro Scape Report interativo

A Pipeline Capital, empresa global de fusões e aquisições com foco em tecnologia, criadora dos Scape Reports, que se consolidaram como um guia de

Pipeline Capital é advisor da Vianuvem na sua venda para a Unico

  A unico, IDTech brasileira de soluções de proteção de identidade visual anuncia a compra de 100% das operações da Vianuvem, startup de gestão

Retail media e CTV juntas

Texto de Pyr Marcondes, Senior Partner da Pipeline Capital. O levantamento é da Innovid, uma plataforma de adtech e mensuração de performance de mídia.

Preço não se negocia, se respeita.

Texto de Alon Sochaczewski, Founder e CEO da Pipeline Capital. Vamos aproveitar o começo de ano para refletir sobre comportamentos essenciais que podem mudar

O Ecossistema de Inovação de Porto Alegre desabrochou

Texto de Cesar Paz, Business Partner da Pipeline Capital. Para avançarmos na afirmativa do título desse texto, primeiro precisamos entender minimamente o que seria

Retail mídia e a performance das marcas

Texto de Pyr Marcondes, Senior Partner da Pipeline Capital. Explosão de retail mídia inclui performance, mas também construção de marca. Temos visto que praticamente

Connect to the best of M&A world Subscribe to our Newsletter

Pipeline Podcast “Papo de M&A”

Pipeline Capital’s podcast on mergers and acquisitions, innovation and technology.